Susto!

Ontem passei o maior susto à noite. Era umas 4horas da manhã eu acordei sobressaltada, ouvindo gritos de uma moça clamando por socorro... ela gritava "socorro. chama a polícia!!!!!". Acordei e saí na sacada prá ver alguma coisa e só ouvia aqueles gritos vindo de uma das casas daqui de perto. Algumas outras pessoas que também ouviram aqui no condomínio saíram em suas sacadas. Sentíamos uma enorme impotência porque ninguém sabia bem o que fazer naquela situação... Com a adrenalina a milhão eu peguei meu telefone, liguei prá Polícia (acredito que outras pessoas também o fizeram!) e avisei do ocorrido. Aqueles gritos não saem da minha cabeça. Sentei no sofá, branca, ensopada de suor e com os batimentos cardíacos mega rápidos.
Bom, depois deste desabafo, vamos ao xis da questão.
A Pink só correndo comigo da sacada pro telefone, do telefone pro sofá...
Quando a voz da moça parou (espero eu que com a chegada da Polícia...), aquele silêncio me deu o maior medo.
Quando olho prá Pink, ela estava loucona, com cara de quem estava achando o máximo aquela correria de madrugada. Quando menos esperava ela começou a latir (depois daquele tradicional espirrinho de teckel), correu pela casa, pegou a bolinha de sino... ela queria brincar.
Agarrou meu chinelo, arrancou ele, levou prá enterrar na casinha dela e eu, naquele estado letárgico de medo... Não mais sem noção, ela fez cocô e veio me mostrar que tinha feito no lugar certo e portanto merecia ganhar um petisco.... por quê não ? Eu não tava acreditando que no meio daquele stress todo ela queria farra.
Acabei rindo, o que piorou a situação porque aí ela acho que tava agradando e se pôs a correr lá prá sacada, depois prá cozinha, prá sacada, prá cozinha....
Enfim, alguns minutos depois eu vi a polícia tentando encontrar o local do acontecido (porque até hoje não sabemos o que houve) e aí cheguei a conclusão que podia voltar prá cama. Sem sono (claro!) optei por tomar um chá prá acalmar e tentar dormir de novo. Pronto! A Pink achou que já era hora de acordar e de tomar miauzinho (leite). Chorou até que eu acabei dando o tal leite afinal ela tava numa alegria enorme e fiquei com dó.Voltei prá cama e "tive" que brincar por mais uma hora, acredita ? Ela me olhava com cara de "que bacana!!!! brincadeiras noturnas!!!!! isso vai acontecer sempre????"
Não dormi mais (affffffff) porque eu estava com um misto de medo, susto, ansiedade por saber o que aconteceu com a tal moça e com aqueles gritos na cabeça e a Pink.. brincando, correndo, roendo osso.... Como é bom ser cachorrinho nessas horas, né ?

2 comentários:

Nanda Assis disse...

que fofa sua cachorrinha!!! mas vc vive sozinha comm ela em casa? isso foi só uma pergunta boba.rsrs

bjosss...

Suênia disse...

Nossa... não ouvi nadinha...

Só farra hein Pink?!

Beijos