Parque do Ibirapuera

Eu queria levar a Pink no parque no final de semana mas no sábado foi difícil por causa da falta de tempo. No domingo, estava à toa então resolvi ir com uns amigos no Ibirapuera.
Eu ia com meu carro mas um amigo, que ia sozinho, me convidou prá ir com ele. Atente: ELE MORRE DE MEDO DE CACHORRO e ele já tinha tido um encontro com a Pink um pouco arredio. Até contei aqui noutro dia que 2 amigos meus passaram aqui em casa e nos viram passeando na rua e pararam prá conhecer ela e ela, claro, avançou neles... então, esse aí mesmo.
Voltando à história, no domingo nós fomos ao Ibirapuera.
Meu amigo me pegou aqui em casa logo depois do almoço.
A Pink foi, eu abri a porta do carro, ela subiu no carro dele, na boa... tipo maria gasolina... nem notou a presença dele.
Num determinado momento deu umas cheiradinhas, farejou marcha, volante e aí... deu a maior encarada no meu amigo. Ela fez cara de "quem é você ???????"
Ele gelou, né ?
Ela rodou o carro todo, foi pro banco de trás dar umas olhadas, foi no colo dele... tudo como se o carro fosse dela.
É assim, quando ela queria... ia no colo dele, pedia prá abrir o vidro, coisa e tal.
Quando ele queria pôr a mão nela, falava com ela ou tentava fazer amizade, ela avançava... Bem coisa da Pink, né ? Rosnou prá ele um monte de vezes... isso que a gente estava no carro do cara, ele estava levando a gente passear e ainda teve que aguentar cara feia de cãozinho... rs

Mas pena que choveu logo que chegamos lá no parque e aí ficamos mega molhados todos...
Optamos até a voltar antes. Como o grupo tinha umas 10 pessoas, alguns foram passear lá no shopping Ibirapuera mas eu não pude ir porque lá NÃO ACEITAM CÃES..... Então, voltamos né ?
Lá fomos pro carro de novo... o carro dele deve tá cheirando cachorro molhado!

Na volta a Pink quis ir no banco de trás (rsrsrsrs), deitou em cima de uma mochila dele, deu umas mordidinhas na alça e boa...Quando eu vi, morri de vergonha. Manja a cena, ela, tranquilamente deitada em cima da mochila, roendo a alça com o dente do fundo e quando eu olhei prá ela ela paralisou com a alça na boca. Não mastigava nem largava. Eu falei "Pink, solta isso!" Na hora ela cuspiu a alça, que ficou roída e babada!

No caminho, ele quis comprar sorvete no Mc Donald´s na volta, até para não perdermos o passeio.
Paramos num drive true, ela foi pro colo dele olhar a menina no caixa, depois queria porque queria uma colherada do sorvete dele.... rsrsrsrs
Até dei um pouquinho do meu sorvete prá ela porque ela toda hora queria ir no colo dele por causa do sorvete. Ele não pode comer chocolate então pegou de caramelo... com certeza ela gosta mais de sorvete de caramelo do que de chocolate porque ficou fissurada no sorvete do cara...
Realiza a cena: ele comendo sorvete e ela, no colo dele, com as costas encostadas no volante, fixa no sorvete e ele imóvel, morrendo de medo dela. Eu mais ria do que agia a favor de resolver a tal situação.

Olha, eu ri muito com eles dois porque ele queria fazer moral e ela não queria amizade de jeito nenhum....

4 comentários:

Mari Maricota disse...

Olá Fernanda e Pink!

Adorei o blog...
Tb tenho uma basset que se chama Capitu, veja a história dela no meu blog tb... Eles são demais né?

Bjo,
Maricota!

Gigi e Lola disse...

TIA, EU AUDORO AS HISTÓRINHAS DA PINK, CONSIGO ATÉ IMAGINAR AS CARAS E BOCAS DELA NAS SITUAÇÕES...

LAMBEIJOKINHAS

LOLA

Juliana disse...

Então... e eu na janela e a Pink que pula na minha perna e pula... pula.. pedindo para eu pegar ela ... quando eu tento... digo tento... ela... grrrrr!!! e eu zuuummm!!! :D
Bos Titia

Carol disse...

hahhahah coitado do seu amigo!! Sandy Maria.. minha cadelinha teckel tb nao era muito simpatica com novos amigos... só depois de velha que ela foi malandra e ficou mais quieta ganhando carinho de todos hehehe

Beijinhos.