Feriado

Pois é... o feriado nem prometia muito afinal eu tinha que trabalhar mas no final das contas, mesmo sem combinar, acabamos fazendo um montão de coisas...
Acordei pela manhã, liguei prá minha irmã e fui logo fazendo a pergunta "Prá onde vamos hoje ???". Conclusão, saímos e fomos passear no Museu com a Pink. Foi super gostoso apesar de estar mega cheio e a Pink ficar com um pouquinho de medo. Além do feriado em si, onde as pessoas não puderam viajar e por isso aproveitaram os parques, a parte de baixo do Museu estava fechada, pois aconteceria à tarde um show gospel (nos pareceu algo grande). Assim todo mundo que normalmente passeia lá na parte de baixo acabou vindo lá nos jardins de cima e aí... entulhou. Só não gostei de uma coisa (achei meio chato!): na parte de baixo os cães podem ficar livre leve e soltos. Nós sempre ficamos lá em cima porque a Pink morre de medo de outros cachorros (tá. Mea Culpa. Eu já fui mordida por um cachorro e, pasmem, tenho um pouco de medo quando os vejo soltos). Enfim, por este motivo, um grupo grande de donos e seus respectivos pets (grandes e pequenos) estavam soltos e aí nosso passeio ficou um pouco limitado pois nem chegamos perto deles. Achei meio desrespeitoso, já que ontem poderia muito bem ser uma exceção e ninguém soltar os bichinhos mas enfim, alguém tinha que ceder né e quem não solta os cães é que cederem. Pena pois não pude ir nos "degraus" que ela tanto gosta.
Tudo bem... final de semana chega logo.
Acabamos indo prá uma área onde normalmente não vamos, sentamos na grama e lá ficamos, observando, tirando fotos, tomando água (afinal estava muito calor) e depois fomos almoçar na casa da vovó...

Chegando lá meu pai, que adora a Pink, estava limpando o notebook dele com um espanadorzinho que ele tem especificamente prá isso. Semana passada meu pai deu este tal espanador prá Pink brincar e agora ela acha que o negócio é dela.
Bom, ela fez, fez e conseguiu pegar o espanador dele.
Daí começou a luta prá pegar o tal negócio, que ela achou que era dela e estava adorando andar com aquilo na boca...
Meu pai, a todo custo, tentava tirar o espanador da boca. Realiza a cena:
"Pink, dá o espanadorzinho pro vovô, dá!!! O espanador é do vovô, que precisa terminar de limpar o micro... Dá?" E aquilo não acontecia.

Minha irmã teve a idéia de tentar trocar o espanador por um gloss, afinal seria mais fácil de tirar, caso ela pegasse. Ela pegou o gloss... junto com o espanador. Aí tinha os dois na boca.
E se já não bastasse, ela pegou um negócio que minha irmã tem de guardar bijoux prá levar em viagem... tudo ficou na boca e largar o espanador.... NADA!


Á tarde trabalhei um pouco, depois tiramos uma sonequinha juntas lá no sofá e à noite fui no aniversário da Melissa (veterinária da Pink e minha prima).
Mas aí aconteceu algo que quero contar pois preciso de uma opinião.
Saí meio de repente porque não estava programada prá ir no aniversário. Liguei prá dar parabén e minha prima disse: vem aí!!!
Saí meio de sopetão.
O Erik estava aqui e ficou com a Pink, afinal ela não se dá muito bem com o Ryan (Dach da Melissa) e poderíamos tornar o aniversário uma grande catástrofe caso ela fosse. E foi bom porque o Ryan estava odiando aquela movimentação na casa dele e mordia todo mundo que chegada perto... rs
Obs.: se eles fossem primos mesmo, aqui eu poderia dizer: "genética é imperdoável" ...
Bom, voltando a história, ela ficou aqui com o Erik. Quando eu voltei (cerca de 2 horas depois) ele me contou que ela parou de brincar, só ganiu, deitou e ficou chorandinho olhando prá porta, deitou na minha cama e chorou... conclusão, ela ganiu praticamente o tempo que eu fiquei fora. Morri de dó, claro! (apesar de eu saber que "dó" não é um bom sentimento prá ter perto do cão, o que eu vou fazer ?).
Compensei depois ficando com ela, brinquei à beça, corri pelo apartamento...
Mas vai aí uma dúvida:
No sábado fui convidada por uma amiga protetora a participar de um bingo ue vai arrecadar dinheiro prá ajudar uns cães que estão abandonados num galpão e perguntei prá organizadora se posso levar a Pink. Ela me disse que sim, que provavelmente não vai mais nenhum outro bichinho mas que ela seria a mascote do evento.
Ela pediu para eu não esquecer que terá bastante muvuca e barulho então a Pink pode se assustar (vai ter até show de uma banda de rock).
Enfim, está aí minha dúvida: levo e corro o risco dela ficar com medo ou deixo e sei que ela vai ficar chorandinho ?
Duvida cruel...

6 comentários:

Miguel Eibel disse...

Boa tarde!
Já aconteceu isso comigo e com o théo pois mora a duas quadras da Beiramar norte e na virada do ano escutamos tudo não tem geito então na virada de 2008 pra 2009 resolvi levar ele junto p ver os fogos !
Claro que foi uma muvuca tremenda!
ele se assustou um pouco principalmente na hora dos fogos!
Mas como fiquei um pouco afastado correu tudo bem!
Por isso te digo pra levar ela e ficar no sentido oposto do pauco do show de rock!
Acho que ela choraminga quando esta sem vc porque não é acostumada!
tudo de bom e nos conta tudo depois!
Uma bela tarde!

http://migueleibel.blogspot.com

Andrea Sassaki disse...

Fer...acho que vc deveria levar a Pink, afinal ela vai estar com vc, que é o mais importante para ela.
Vê o que seu coração diz.
Tô rindo até agora, com as coisas na boca dela.....
Meu, esta Pink é muita dez!!!
Um beijo!

Dudinha Nariz de Bolinha disse...

Que engraçada... ela quer ficar com tudooo...


ahuahauha....

Ai mamys acho melhor levar a Pinkizinha porque pelo menos ela vai estar com você, so não fica muito perto do barulho...

lambeijosss

Gigi e Lola disse...

COM A CORRERIA ESTÁ DIFÍCIL VISITAR A TODOS, MAS SAIBA QUE NÃO ESQUECEMOS DE VOCÊ!

LAMBEIJOKAS

LOLA

Rutha/Pink/Barum/Luna disse...

Pink, a mamãe morreu de rir da sua foto com 3 coisas na boca ! Nem o Barum consegue pegar tanta coisa ao mesmo tempo !
Lambidinhas da Pink pra Pink

Anônimo disse...

Muito bonito fotos da Pink!