Lantejoulas

Hoje a Pink tá impossível. A vontade de brincar não acaba então resolvi fazer um brinquedo novo prá ver se resolvia e me deixava um pouco em paz: coloquei umas lantejoulas cor-de-rosa dentro de um tubinho antigo de filme fotográfico e joguei no chão. As lantejoulas faziam barulho e encantaram a Pink, que brincou com o negócio... 3 minutos.
Depois disso ela acabou roendo o tal tubinho e comendo metade das lantejoulas. Quando eu percebi, tirei o que sobrou mas amanhã já estou até vendo: cocôs brilhantes e reluzentes sairão do corpinho da minha bebê....

Esse final de semana...

Essse final de semana foi mega agitado.
Primeiro que na sexta-feira à noite decidi limpar minha caixa de lãs, ver as que estavam boas e jogar as sujeiras.
A Pink adorou a tal limpeza porque, além dos novelos que ela pegou prá ela, ainda encontrou um poá cor-de-rosa. Quando ela viu aquilo ficou doidinha. Mordeu tanto que sujou o chão, o sofá e a carinha, claro.




Fotos...
Sofá e chão:





Cara da Pink:

No sábado desmontamos o escritório para pintar. Ela adorou o chão forrado com jornais (inclusive achou que eu deveria adotar este sistema para outras áreas da casa!) e gostou ainda mais da tina de tinta. Queria cheirar a todo custo. Foi barra manter ela fora da pintura.
No domingo fomos passear no parque, toda linda de blusinha salmão que a titia deu. Chegando lá ela optou por cavocar a raiz de uma árvore. Quase derrubou a tal planta.
Se algum membro do partido verde nos visse naquele instante, com certeza, nos condenaria porque ela não só cavocou na raiz da árvore como retirou uma planta da terra de forma violenta.
Fofa demais.



Terminou o dia limpinha (tomou banho) e assim ó, na favelinha:

Comemoração do aniversário da minha irmã



Tá. Por este título todos podem achar que foi uma comemoração onde os convidados chegaram, entregaram seus presentes, comiam guloseimas e conversaram alegremente... mas não !
Todos os convidados que chegavam eram recebidos com altos ataques, rosnadas, latidos fortes e constantes... Meu, a Pink odiou que pessoas que ela não conhecia fossem na casa da minha irmã visitar ela.
Ela estava dormindo no braço da minha mãe e aí.... chegam pessoas estranhas...



Primeiro foi minha tia Vilma. Ela chegou e foi recebida deste jeito aí, descrito acima. O péssimo é que minha tia é meio sem noção então queria pôr a mão na Pink de qualquer jeito. Ela deu a maior avançada na tia, que depois disso ficou morrendo de medo !
Bom, aí aconteceu a cena ilária. Como todos sabem, meu pai é meio desligado. Minha mãe tinha ido tomar banho... então realiza a cena a seguir:

Jul: - Fer, vamos até a padaria buscar a encomenda de pães ?
Fer: - Jul, eu vou com você mas dá prá Pink ir junto ? Não dá prá deixar ela aqui sozinha com o pai, que é desligado, e com a tia, que tá correndo o risco de ser atacada a qualquer momento!
Jul: - Não dá. Vou precisar da sua ajuda prá carregar as coisas.

Toca o telefone: Alô. Oi, é o Guilherme quem fala. Posso ir buscar seu microcomputador que está com problemas agora ? Pego o micro, trago prá minha casa e arrumo aqui!!!

Fer: - Jul, vamos rapidinho então. Pá, cuida da Pink prá mim! Tia, acho que você não precisa ter medo!

E fomos embora prá padaria.

Enquanto isso, na sala da casa do meu pai.

Toca a campainha. É o Guilherme vindo buscar o micro. Meu pai entra em pânico porque não sabe se vai levar a winchester lá fora, se deixa o menino entrar e correr o risco de ser mordido, se deixa minha tia cuidando da Pink, que quer mordê-la a qualquer momento, se deixa o menino lá fora e finge que num tá acontecendo nada!!!

Resolveu abrir o portão pro menino entrar, deixar a Pink morder quem ela quiser, esquecer da minha tia, da winchester e do que mais estivesse por lá. Cheeeeeeeeega !

Bom, quando chegamos com os pães a paz já estava reestabelecida. Minha tia sentadinha conversando com meu pai e a Pink dormindo...

O cardápio para "gente" foi strogonoff no pão italiano e pra Pink não se sentir excluída minha irmã teve a gentileza de comprar carne com molho prá cachorro. A Pink cheirou e não comeu nem um tiquinho sequer. Nada!
Desagradáaaaaavel... quase morri de vergonha porque minha filha nem deu bola pro prato especial dela.

Na hora do "parabéns" a Pink subiu na cadeira e tentou abocanhar o bolo... todo mundo meio que interrompeu as palmas prá tentar pegar a Pink, o bolo, sei lá, mas evitar a cena de "vídeo cassetada". Na verdade foi uma torta cremosa de côco. Boa demais.


Depois, enquanto todos conversavam na mesa, a Pink latia pra mim lá da sala. Fui ver o que acontecia. Ela me olhava, pegava minha bolsa com a boca e ia em direção à porta: conclusão, ela queria ir embora, acredita ?

Depois veio se recostar no meu ombro e dormiu.












Quando cheguei em casa ela capotou. Nem quis brincar. Olha a fotinho dela dormindo no sofá....







Jul, seu níver foi uma delícia !

Parabéns titia !





Hoje é aniversário da minha titia Juliana...
Au au prá você !

Ufa ! Chegou...

Ufa! Até que enfim o presente da minha mãe chegou.
Fiquei aliviada.
Uma pena o pessoal do site armarinho.com nem ter o bom senso de me mandar um e-mail avisando o que aconteceu. Apesar de terem cumprido com a palavra, acabaram de perder uma cliente (vezes 5 porque comigo vão minha mãe, irmã e algumas amigas !).
Eu sei que nem tem nada a ver mas olha que bonitinho que eu fiz essa semana: uma bolsinha de tricô, em lã, prá carregar as coisas da Pink, quando vamos passear no parque, no frio!

Meu dia das mães...



Vocês não devem saber mas sou mãe só de cachorro (e pretendo ficar assim!) então meu dia das mães foi ficar colada na minha mãe e na minha filhota Pink.
Ganhei muitos presentes bacanas, de gente até que nem esperava. Mas são nestas horas que percebemos como somos importantes para algumas pessoas e como estas são super ultra bacanas.
Estou falando isso pela minha amiga Suênia, que meu deu um bilhete fofo e um DVD muito lindo. Suênia, obrigada por ser minha amiga e compartilhar tão de perto o fato de eu ser mãe convicta de cachorro!
Ganhei 2 presentes do Papai Erik: um chaveiro rosa de cachorrinho, que já está balançando na minha chave do carro, e um conjunto de correntinha e brincos de cachorrinho. Na foto não dá prá ver muito bem mas dá prá ter idéia.

Ganhei da titia Jul um conjunto maravilhoso de borboletas brilhantes, que já coloquei nos meus espelhos da sala.






Até da minha mãe ganhei presente: um chinelinho de lã, que ela mesma fez e está postado no blog dela (http://doloresjo.blogspot.com) e depois que eu saí de lá ela me fez uma golinha linda, que ainda não peguei (mas recebi a foto!)

O pior de tudo é que comprei o presente da minha mãe "artesã" no site www.armarinho.com, que pelo que me contaram, faliu... e não entregou meu presente. Estou habituada a fazer compras neste site e me espantou muito o fato deles continuarem fazendo vendas pela internet mas não cumprindo com os compromissos assumidos. Até os telefones de contato foram tirados da internet.
Fui de mão vazia na minha mãe, morrendo de vergonha, com um vale-presente nas mãos. Vixe, foi péssimo.
Só espero que o tal site resolva meu problema e me entregue o presente ou me devolva o dinheiro pois, assim, posso comprar um novo mimo.

Feliz dia das mães


Adoro o dia das mães afinal, mãe de cachorro também é mãe !
Dedico esta postagem a todas aquelas mães, independentes de quem são seus filhos: cães, gatos, bebês-crianças e em especial prá minha mãe internauta: Dolores !

Caiu o dentinho

Graças a Deus ! Caiu o tal dentinho que me preocupava tanto...
Prá quem não acompanhou, os dentes caninos de leite da Pink não caíram na época certa. Teve um momento, inclusive, que ela tinha 4 caninos: os dois de leite e os dois definitivos.
Um deles caiu há algum tempo atrás (http://minhapink.blogspot.com/2008/11/presente-da-tia-x-janelinha-de-novo.html). O outro parecia que não ia cair mais.
Quando menos esperava, um veterinário assassino, horroroso e mal, cutucou o tal dente, que quebrou (http://minhapink.blogspot.com/2009/03/aconteceu-de-novo-minha-bebe-mordedora.html).
Enfim, estou a 2 semanas esperando o que vai acontecer com o cotoquinho de dente que permaneceu preso à gengiva e ontem, quando menos esperava, cadê o dente ? Pois é. Sumiu, ou melhor, caiu e ela engoliu.
Fiquei feliz porque estava aflita para que o dente caísse e para não precisar de uma cirurgia.
Mas preciso desabafar...

Em nome de todos aqueles que adoram cachorrinhos e dedicado especialmente ao veterinário assassino:

prá você !!!

Ainda bem que tenho mais de um edredom

Quando eu me casei ganhei 2 edredons. Depois de algum tempo minha mãe me deu mais um edredom maravilhoso, amarelo, cheio de flores coloridas. Todos sabem que edredom é super difícil de guardar, já que ocupa muito espaço mas, enfim, optei por tornar esse edredom amarelo o meu oficial.
Não deixava ninguém sentar na cama, não gostava de amassá-lo... Nada.
Agora sou mãe de cachorro. Claro que toda essa teoria de boa dona-de-casa foi por água abaixo porque minha cama virou uma zona total. Ela é o local das brincadeiras, o local da correria, o local de "comer osso"... tudo acontece em cima da minha cama. Semanalmente tenho que trocar os tais edredom e lavá-los. Você sabe o que é lavar e secar um edredom por semana, dentro de um apartamento ? Pois é. Eu faço isso.
Minha monstrinha linda adora cavocar o edredom e, pior!, sempre acha algum pedaço de brinquedo ou de coisa qualquer embaixo dele. Conclusão: sempre durmo em cima de algum lixo.

Ontem filmamos um desses cavocos que acontecem em cima da minha cama e publico aqui....


video

Agora um flagrante da mamãe com a picolina em pleno sabadão à tarde...

Cantoria

Essa é a cantoria que acompanha as minhas refeições todos os dias. A "pedinte de comida humana " até ganha uns agradinhos mas fico morta de dó quando pede demais... De qualquer forma os barulhinhos são ótimos...

video

Minha melhor amiguinha: a Lontra

Hoje a Pink tá cruel. Depois de brincar, correr em cima do encosto do sofá, morder meu cabelo, ela resolveu dar um tempo, descansando sobre a sua melhor amiguinha: a Lontra !