Lambeção

Estou preocupada com essa coisa da Pink ficar se lambendo toda hora... Inicialmente achei que era prá chamar minha atenção porque ela só se lambe aqui em casa...
Depois ela começou a lamber também o peito e a morder as unhas e as patinhas traseiras (tuuudo bem que a lambeção das traseiras é muito engraçada: ela coloca a pata inteira, com perna e tudo, na boca. A impressão que dá é que ela vai se afogar, vomitar, sei lá! A língua sai prá fora da boca e aí fica aquela cena ilária: a língua esticadona prá fora, o pé guela adentro e os olhos voltados prá mim, em sinal de que ela está me mostrando a bela performance...)
Ando falando bastante com a psicóloga canina que atribuiu o fato à minha influência sobre a Pink. O fato de eu não querer ter filhos (prá variar essa história saco de novo!), faz com que eu me repreenda algumas vezes e ela, que capta toda essa energia, se repreende também pois, de acordo com a psicóloga, ela às vezes não se aceita como cachorro. Tôsco, né ?
Uma coisa que eu já mudei bastante é tentar tratá-la como "cachorro" e não como criança, como eu fazia bastante no começo. Isso fez com que ela já melhorasse um pouquinho mas, enfim, mãe e filha vão ter que continuar tomando florais (eu disse que também estou tomando em conjunto com ela?) até melhorarmos.

Um comentário:

suenia disse...

Nossa!!! Será que ela tem simpatia por gatos?! Sabe, ficar se lambendo...

Sou louca pra ter os meus filhos, estamos nos preparando pra isso!

Acho que eu tbm preciso de florais...