Autocastigo (que agora com as novas regras de português não sei se é junto, separado, se tem hífen, se num tem...)

Esta noite aconteceu uma coisa meio estanha, que nem eu entendi ainda: por volta das 23h fomos para a cama, como de costume, mas a Pink estava meio endemoniada. Tava com uma cara estranha meio poltergeist. Ela vinha prá cima de mim latindo e rosnando, com uma cara esquisita, querendo brincar, claro, mas estranha. Dei uns berros, umas broncas e depois de 40 minutos (isso mesmo! 40 minutos) latindo prá mim (conclusão, já era quase meia-noite), resolvi fechar meu livro, que li cerca de 1 parágrafo, e apagar a luz prá ver se ela se acalmava e dormia.
Mesmo de luz apagada o terror continuava só que agora ela via "coisas" fora do quarto. Meu! Eu fiquei com tanto medo. A impressão é que ela estava tendo visões. Urgh!!!!
Bom, do nada ela resolveu sair, comer a ração que ainda restava no potinho dela (eu só escutava o pote andando sobre o prato com água, que coloco por causa das formigas). Passeou pela sala, brincou um pouco com alguns objetos que não consegui identificar e... sumiu !
Eu nem quis ir procurar porque já tava com medo, ainda ela tava meio estranha. De repente tava de tocaia me esperando para um ataque fulminante... então era melhor dormir!
5h40 da manhã, acordo eu meio sem saber onde estava, passei a perna na cama e... nada da Pink! Pensei: "-Bom, agora vou ter que sair da cama e procurar a indivídua!" Ela estava congelando, na caminha (que ela só deita quando se coloca de autocastigo) e me olhava com uma cara de "me tira do castigo, mamãe".
Fui lá, abracei-a e ela fez uma festa tão grande. Ela tinha gelinho em todo o corpo. Tudo estava geladinho, coitada ! Mas aí dorminos (e até perdemos a hora) até o relógio despertar, coladinhas e quentinhas.

2 comentários:

jpenhascrapper disse...

É junto...

Fernanda & Pink disse...

Irmã, obrigada pela dica. Já arrumei!