Quase fui escalpelada hoje !



Realiza a situação: tô eu aqui, no computador trabalhando, e a Pink olhando pela janela do quarto lá prá fora. Até aí, tuuuuuuuuuuuudo bem !

Aí ela começou a latir prá mim, como de praxe.
De repente ela pulou no meu cabelo, agarrou com os dentes, enroscou-os de tal forma que eu não conseguia soltar.
Ela caiu do sofá para o chão e fez meu corpo se dobrar para trás, no encosto da cadeira. A cena durou alguns segundos que pareceram uma eternidade porque fiquei quase sem cabelo no topo da cabeça. Um horror !
Só consegui me desfazer da cena porque, com um dos pés, peguei a bolinha de sino e resolvi jogar longe e ainda tive fôlego de contar: é um, é dois, é três, ah jáááááá !
Ela, num rompante de desespero, soltou meu cabelo e foi pegar a bolinha. Santa bolinha !

Sempre tive receio de ir correr em carrinhos de kart com medo da "lenda urbana" que diz que o motor do carro pode enroscar no cabelo e escalpelar as pessoas... Nem preciso mais me preocupar. Meu couro cabeludo é beeeeem forte !

3 comentários:

Rodrigo Rós disse...

E tinenem ta com um fogo hem.... dese jeito ninguem aguenta...

mas fique assim mesmo muitas atividades de dia para podermos ficar descansando a noite...

Beijos

Papai...

Anônimo disse...

Olá Fernanda!!!
Também tenho uma "salsicha assassina" em casa, e por isso te pergunto, qual foi sua atitude depois da brincadeirinha de suuuuuper mal gosto; muitas vezes fico sem saber o que fazer, e tenho utilizado a tática do castigo da indiferença, ou seja, por um período, os carinhos, brincadeiras, cama da mamães, etc, ficam totalmente abolidos; nem sempre dá resultado...
Beijão
Clarissa Ackermann

Fernanda & Pink disse...

Clarissa, olá ! Pois é,normalmente eu ignoro e ela se "auto coloca" de castigo. Choooora, chooora e depois de alguns minutos vou tirá-la mas a grande questão é que ela não repete mais aquela brincadeira assassina... ela inventa outra ! Acho que temos mesmo que entender este espírito aventureiro e criativo dos nossos bebês... rsrsrsr